Anualmente as empresas pioneiras da análise de negócios no mercado brasileiro se reúnem para compartilhar suas experiências em São Paulo em um evento promovido pela IIBA-SP.

A 5ª Conferência de Análise de Negócios do IIBA, que ocorreu no dia 15 de maio, apresentou aplicações e resultados da implantação da análise de negócios em algumas corporações. Cinco empresas foram convidadas a participar do evento para apresentar palestras e cases de sucesso e entre elas, representada pela Alline Tibério, estava a Bluesoft.

Alline-TibérioAlline explicou que por ser uma empresa que desenvolve sistemas para redes varejistas, a Bluesoft faz entregas quinzenais de novas funcionalidades e atualizações para os clientes. Desta forma, precisa de uma metodologia ágil desde o atendimento ao cliente até a documentação final de cada tarefa desenvolvida. Nesse caso a análise de negócios contribuiu para diminuir a quantidade de “bugs funcionais”, que são aqueles erros que ocorrem quando o sistema não atende cenários que não foram previstos.

Para a analista de negócios, o principal desafio da Bluesoft é priorizar as necessidades dos clientes, atender as demandas do mercado e também as inovações para estar sempre à frente da concorrência. “Acredito que uma boa entrega de software, inclui uma boa análise de todas as regras de negócio envolvidas, bem como os cenários de teste e uma fácil navegação pelo usuário.

Conheça mais sobre o Plataforma de Gestão BluesoftERP e também sobre o  sistema de Atendimento ao cliente e gestão de projetos Acelerato.

Sobre o evento

Sucessos e fracassos do dia-a-dia da execução da profissão são apresentados em palestras de 50 minutos ministradas por praticantes da análise de negócios. Durante os intervalos de café, almoço e em dinâmicas, os conferencistas também têm a oportunidade de trocar experiências e promover o network profissional.

Publico Alvo

Profissionais que atuam como gestores de áreas ligadas a projetos, e que estejam interessados em desenvolver ou melhorar as práticas de análise de negócios em sua organização como meio de aumentar o alinhamento entre estratégia de negócios e projetos. Principalmente projetos de TI.

Outros profissionais que exercem atividades de análise de negócios no seu dia a dia, entre eles: analistas de negócio, gerentes de projetos, analistas de sistemas, analistas de processos, gerentes e coordenadores de TI, profissionais que atuam em PMO ou em áreas de negócio com alto grau de interação com áreas de TI.